Ad imageAd image

Artistas angolanos criam tendência de “marketing polémico”

Isaías Raposo
2 Min Read

Nos últimos tempos, tornou-se frequente a criação de algumas polémicas como forma de marketing pré-lançamento de projectos, principalmente músicas. Alguns artistas como Scró Que Cuia, Chetekela, C4 Pedro e Bruna Amado criaram situações que foram motivo de alvoroço e geraram rebuliços na internet pouco tempo antes de anunciarem novas canções.

Um dos episódios marcantes, foi protagonizado pelo kudurista Scró Que Cuia, que confundiu o público ao criar um “falso clima tenso” com o empresário Bruno de Carvalho. Apesar de algumas suspeitas, a maioria dos internautas acreditou num afastamento entre ambos. Entretanto, pouco tempo depois surpreenderam a todos com o lançamento da música “Castigo”, que tem sido um sucesso.

Chetekela também aderiu à tendência, e durante uma transmissão ao vivo combinada com a modelo conhecida por Boneca, ficou ‘sem jeito’ após terem sido feitas algumas revelações comprometedoras. A jovem Boneca afirmou que teve um caso íntimo com o cantor, no passado, facto que o deixou constrangido. Mais tarde, ambos revelaram que se tratava de uma “estratégia de marketing” para promover um novo trabalho.

Um dos casos mais recentes, aconteceu na produtora BLS, com a especulação sobre um possível rompimento de contrato entre Bruno Amado e C4 Pedro, após a divulgação de posts “estratégicos” feito por ambos. Pouco tempo depois, surgiu a música “Grega”, um projecto de Dj Black Spygo, que une vozes de C4 Pedro e Bruna Amado, revelando que o que aconteceu também não passou de um “plano de marketing” para o lançamento da referida música.

Do seu ponto de vista, qual foi a melhor estratégia de marketing?

Share This Article
Leave a comment