Ad imageAd image

Filme angolano está inscrito no festival “Latin American”

Isaías Raposo
2 Min Read

O filme de curta-metragem “O Poder”, do realizador António Guimarães e produtor TP Films, está inscrito no festival de cinema de curta duração mais prestigiada da América Latina, o “Latin American Film Festival in Native Languages”, que vai decorrer de 8 a 12 de Abril, no Perú.

O “Poder” é o mais recente trabalho de curta-metragem de acção dos realizadores do Filme “Onde Está Deus?” e conta com actores cubanos, portugueses e angolanos.

Frank Rizo, Emignio Humberto, António Guardado, Nelson Nhanga, Carina Carvalheda e João Sapalo “73D”compõem o elenco. Em declarações, à ANGOP, o realizador António Guimarães informou que antes do festival da América Latina, a estreia acontece a 15 deste mês no Centro de Formação de Jornalistas (CEFOJOR), no Huambo.

O realizador explicou que “O Poder” é uma curta-metragem, do género acção, que traz uma crítica social, sobre uma fracção pequena de vendas de drogas, envolvendo bordéis do tráfico internacional.

Nhoa é um traficante cubano injustiçado pelo seu cafetão (chulo), apossado pelo desejo incontornável de controlar o tráfico na região, levando-o a matar o seu chefe e, por isso, terá que enfrentar a ira do seu melhor amigo.

O percurso cinematográfico dos jovens António Guimarães e o seu produtor Tp Films  começa em 2015, com o primeiro projecto intitulado “Fantasma de Abena”. Em 2017, seguiu-se o filme “Nós Diabólico” e “Nascidos no Escuro”, em 2019.

Uma das suas mais importantes obras “Onde está Deus” saiu a público em 2023, cujo lançamento oficial foi prorrogado pela Netflix para este ano.

Para 2024, António Guimarães e Tp Films têm ainda em carteira outros projectos cinematográficos, com destaque para uma série de televisão.

Share This Article
Leave a comment