Ad imageAd image

Jovens clonam cartão e fazem compras de mais de 1 milhão de kwanzas

Celestino
2 Min Read
A foto é apenas ilustrativa ©por Dear1.0

Efectivos da Brigada Anti-Crime, procederam à detenção dos cidadãos identificados por Mateus Muginga, José Alexandre António Muica, Diógenes Domingos Luís, Bando Fidel Joaquim Máquina, Mussa Augusto José Gomes e Yuri António Mussunda, indiciados no crime de clonagem e uso abusivo de cartão cliente.

Consta que no dia 26 de Abril, Nivaldo Júlio, casado de 35 anos de idade, chefe da área comercial, informou à polícia que às 10 horas do mesmo dia, compareceu numa loja da mesma rede comercial, 03 cidadãos com um cartão cliente clonado, com a pretensão de comprar diversos produtos, situação que levou a suspeitar com os mesmos pelo facto de já ter acontecido um desfalque no fecho do dia 25 ao caixa da Casa dos Frescos, município de Luanda, onde os mesmos procederam à uma compra fraudulenta de Akz 1.100,000,00 (um milhão e cem mil Kwanzas)”.

Os funcionários dos caixas desconfiaram por terem notado que é o mesmo número do cartão em lojas diferentes.

Postos no interior da loja, onde tentaram efectuar a segunda compra, os caixas alegaram a falta de sistema, enquanto accionaram as forças da Brigada Anti-Crime do município do Talatona que, em tempo record, conseguiram deter um dos marginais, mas os outros implicados puseram-se em fuga.

No entanto, teve-se a informação que os mesmos se encontravam no município de Luanda, no bairro da Camuxiba, junto à escola 17.

Em coordenação com outras forças, e intensificadas as diligências, foi possível deter os 05 implicados.

De realçar que na mesma acção está envolvido um dos funcionários da loja situada no Shopping Fortaleza, já detido, que atende pelo nome de Mateus Muginga Carlos, também conhecido por Madilson, que fez a clonagem do cartão cliente, Com eles, foi possível recuperar alguns produtos da casa de Frescos da Vila.

Share This Article
Leave a comment