Ad imageAd image

Petro de Luanda reencontra TP Mazembe nos “quartos”

Isaías Raposo
4 Min Read

O indigesto TP Mazembe é o adversário do Petro de Luanda nos quartos-de-final da “Champions”, agendados para os dias 29 e 30 do corrente. O sorteio realizado ontem, no Cairo, Egipto, colocou o pesado oponente do Congo Democrático no caminho dos tricolores. É o terceiro desafio entre os dois emblemas, depois de se defrontarem em duas ocasiões em jogos de eliminatória.

A primeira parte disputa-se em Lumbumbashi, com a única certeza de que o campeão nacional terá de ser irrepreensível nas duas mãos para prevalecer diante de uma das tradicionais equipas da “Champions”.

Até certo ponto, o Petro de Luanda já atingiu o objectivo mínimo, mas é ponto assente que olha para lá dos quartos-de-final, não obstante o gabarito competitivo do TP Mazembe. Os tricolores resolvem a eliminatória no 11 de Novembro, entre os dias 5 e 6 de Abril, mas a esperança de qualificação vai depender muito daquilo que acontecer nos primeiros 90 minutos da complicada eliminatória.

Até ao momento, a equipa angolana está na boca do continente pela defesa imbatível na fase de grupos. O Petro não sofreu golos nos seis jogos disputados, registo importante para manter e aumentar as oportunidades de êxito com o TP Mazembe.

O histórico das eliminatórias entre os contendores está empatado, ou seja, cada equipa eliminou a outra uma vez, mas nenhum dos confrontos foi para uma fase tão adiantada da “Champions”.  Agora, está em jogo o passe às meias-finais, uma etapa que os congoleses estão mais acostumados a atingir.

Em 2018, o TP Mazembe cruzou o caminho do 1º de Agosto e nem o jogo de resposta no seu reduto foi suficiente para mudar o curso da eliminatória, curiosamente a contar para os quartos-de-final. Os militares fizeram a festa em casa alheia, graças ao poder de inspiração do guarda-redes Tony Cabaça, que foi determinante ao defender duas grandes penalidades no jogo empatado a uma bola.

Quem vai cruzar agora com o TP Mazembe é o Petro de Luanda, que precisa da inspiração do rival na competição nacional, para conseguir o apetecível passe das meias-finais da Liga de Clubes Campeões, proeza que já atingiu em duas ocasiões, em 2001, e na época 2021/22.

Espérance – Asec no duelo de cartaz

O sorteio realizado pela CAF tem no aliciante Espérance – Asec Mimosa, o jogo de cartaz. Trata-se, realmente, de um duelo de campeões.

Qualquer uma das equipas tem oportunidades de avançar para as meias-finais, tendo em conta o histórico competitivo que há muito as transformou em habituais candidatos ao título da Champions.

As duas equipas da Tanzânia cruzam com adversários nada acessíveis. Ao Simba calhou com o Al-Ahly, campeão em título, ao passo que o Yanga vai defrontar o Mamelodi Sundowns.

A primeira-mão dos dois jogos disputa-se no reduto dos tanzanianos. Curiosamente, o Simba e o Yanga são as equipas que tiveram o melhor ataque da fase de grupos. Até certo ponto, é esta pontaria afinada que dá alento para as duas equipas, diante dos favoritos egípcios e os sul-africanos.

Share This Article
Leave a comment