Ad image

Rei do Bailundo apela a mais participação no Censo 2024

Isaías Raposo
2 Min Read

O rei do Bailundo, Tchongolola Tchongonga – Ekuikui VI, apelou, segunda feira, à população do Huambo a participar, de forma activa, no processo do Recenseamento Geral da População e Habitação 2024, a decorrer em Setembro próximo.

O soberano da Ombala do Mbalundo disse que o Censo da População e Habitação é de extrema importância para a vida das populações, porque  permite ter noção do número de habitantes do país e, assim, elaborar programas públicos sociais mais favoráveis.

A realização do Censo, destacou, é a única forma do Executivo avaliar, de uma forma fiável, a situação actual da população residente em cada uma das localidades do país. “É uma forma de obter todos os dados sobre a população, bem como as deficiências de muitas famílias”.

Para o rei do Bailundo, todos devem ter o compromisso de, no dia 19 de Setembro deste ano, abrir as portas para os recenseadores e fornecer os dados necessários para ajudar o Executivo angolano a criar políticas que facilitem a vida dos cidadãos. “Estejam disponíveis para responder a tudo o que os recenseadores perguntarem”, apelou.

- PUB -


Recomendação

Por sua vez, o rei da Ombala do Huambo, Artur Moço, recomendou às autoridades tradicionais, religiosas e às associações da sociedade civil para continuarem a sensibilizar as populações nas comunidades, de forma que estejam mais receptivas aos recenseadores.

Os pais, ressaltou, devem ficar atentos e não deixar as crianças sozinhas em casa, no momento em que os recenseadores estiverem a colher os dados. “A participação de todos no Censo vai permitir a contagem exacta, para saber quantos somos e quais são as prioridades e necessidades da população”, disse.

Share This Article
Leave a comment